Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Francisco de Quevedo y Villegas nasceu em Madrid, em 1580, adquirindo uma larga cultura humanística nas Universidades de Alcalá e Valladolid.

7S - Francisco de Quevedo.jpg

Ocupou vários cargos oficiais e entre eles o da secretaria da Fazenda junto do seu amigo o duque de Osuna. Várias peripécias da sua existência atribulada dão bem a medida do seu temperamento e da sua instabilidade de conduta. Terminou os seus dias em Villanueva de los Infantes, em 1645.

 

A sua obra poética apresenta dois aspectos: um de carácter grave e severo, sobre temas ascéticos e políticos; o outro, como pura técnica literária onde dominam os temas amorosos e burlescos.

 

Na sua prosa, a sátira desempenha um papel de alto relevo sendo considerada uma das mais típicas da literatura espanhola. As poesias mais representativas estão compendiadas nos volumes «El Parnaso español» e «Las tres últimas Musas».

 

Na sátira, destacam-se as «Cartas de Caballero de la Tenaza», escritas na sua juventude.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D