Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Escritor, Afonso Lopes Vieira nasceu na freguesia de Cortes, no concelho de Leiria, a 26 de janeiro de 1878.

207.jpg

Era sobrinho-neto do poeta António Xavier Rodrigues Cordeiro. Formado em Direito (1900) pela Universidade de Coimbra, viajou pela Europa, de onde voltou empenhado em europeizar Portugal.

 

A partir de 1938, e até ao fim da vida, presidiu à Assembleia Geral da Casa do Distrito de Leiria. "Bom português e mau poeta", como se definiu, a tradição histórica, popular e literária portuguesa constitui a temática dos seus trabalhos.

 

Algumas obras: Auto da Sebenta (1899), Rosas Bravas (1911), Éclogas de Agora (1935) e Onde a Terra Acaba e o Mar Começa (1940).

 

Realizou o filme mudo O Afilhado de Santo António (1928) e escreveu os diálogos de Inês de Castro (1945) e Camões (1946). Faleceu em Lisboa, em 1946.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D