Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Os fenómenos termais mais espetaculares são de longe os géiseres, que irrompem periodicamente em jatos explosivos de vapor e água quente.

6AE.jpg

À medida que se acumula no longo e contorcido furo do géiser, a água é aquecida até atingir temperaturas que ultrapassam consideravelmente o ponto de ebulição normal (um aumento de pressão, causado neste caso pelo peso de toda a água contida no furo, eleva a temperatura ao ponto de ebulição da água).

 

Finalmente, porém, o ponto de ebulição é atingido, o que imprime à água um movimento ascendente e a obriga a libertar-se. Devido a esta repentina redução de pressão, a água superaquecida no furo vaporiza-se e projeta no ar um jato de vapor e água escaldante.

 

Quando a pressão desce abaixo de um ponto crítico, começa a infiltrar-se mais água no furo, reiniciando-se o processo, que terminará na erupção seguinte.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D