Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No final dos anos 60, o panorama da indústria cinematográfica modificou-se muito em relação à época de ouro da Hollywood clássica. Emerge, assim, um novo grupo de jovens realizadores que trabalha num contexto produtivo muito flexível em relação ao passado. Opta-se pelas produtoras mais pequenas em comparação com velhos estúdios como a Warner, a Columbia ou a Universal. Amplia-se a margem de liberdade devido ao abandono, em 1968, do código Hays, um regulamento que proibia a representação de temas "imorais" e considerados prejudiciais para o espectador. Muda também o público. Se nos anos anteriores os filmes eram concebidos para a família, agora são os jovens que vão ao cinema e, assim, as novas películas são feitas a pensar neles.

9781851710461-uk.jpg

Actor's Studio

 

O cinema de Hollywood dos anos 70 ficou marcado também pelo aparecimento de uma nova geração de atores, muitos dos quais estudam representação numa escola de Nova Iorque que se tornou muito cedo famosa: o Actor's Studio.

 

Fundada em 1947 e dirigida a partir do ano seguinte por Lee Strasberg, utiliza um método de ensino inspirado nos princípios teorizados pelo realizador soviético Stanislavski. De acordo com este método, o ator deve trabalhar sobre a própria interioridade procurando nas recordações, experiências e sentimentos, os elementos que o assemelham à personagem, e transferi-los para o papel. Para além disso, deve tentar entrar o mais possível na personagem, procurando partilhar as características e o estilo de vida.

 

Entre os atores mais célebres formados na Actor's Studio temos Al Pacino e Robert De Niro.

 

Woody Allen

 

Um dos realizadores e atores mais brilhantes que apareceu nos anos 70 foi o cómico Woody Allen. Os seus filmes, muitas vezes passados em Nova Iorque, retomam o modelo da comédia sofisticada típica da Hollywood dos anos 40.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escultor francês (1824-1887), nasceu em Anizy-le-Château. Executou modelos para o fabrico de porcelanas e dirigiu a manufatura de Sèvres. Esculpiu bustos (Napoleão III, Renan) e levantou monumentos como o de Massena em Nice.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Willis Carrier

16.01.19

Engenheiro americano e inventor, em 1902, do ar condicionado. O primeiro aparelho foi um sucesso junto do público. Baseava-se num processo de retirar o calor e a humidade do ar dentro de um recinto fechado. Willis Carrier nasceu em 1876 e faleceu em 1950.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bonifácio Calvo

16.01.19

Trovador italiano (século XIII), nasceu em Génova. Escreveu em provençal e galaico. Entre 1253 e 1254 viveu em Espanha. Num dos seus serventécios, composto por ocasião da morte de Teobaldo de Navarra, incita o rei castelhano à conquista daquele reino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Entalhador português (1839-1897). Colaborou na execução do arco triunfal da Praça do Comércio (Lisboa). Na sua oficina, na Calçada do Combro, executou obras de talha para vários palácios desta cidade e esculturas para igrejas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/4



calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D