Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Há 20 anos atrás, dois doutorados pela Universidade de Stanford (EUA) lançaram um novo motor de busca com uma missão arrojada de organizar as informações do mundo e torná-las universalmente acessíveis e úteis. Embora muita coisa tenha mudado nos anos seguintes – atualmente a Google opera em mais de 150 idiomas e em mais de 190 países –, o site de pesquisas ainda se dedica a criar produtos para todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Existem em todo o mundo cerca de 500 espécies de plantas carnívoras, o que significa que obtêm parte dos seus nutrientes de animais capturados ou presos através de um de vários processos engenhosos.

0-146.jpg

As plantas carnívoras abundam sobretudo em solos pantanosos ou perto de pauis ou pântanos, onde os animais que capturam contribuem para compensar a escassez de azoto. Uma exceção é a bolsa-de-pastor, que cresce em solo seco e rochoso e é especialmente vulgar em Portugal.

 

Como contêm clorofila, as plantas carnívoras fabricam alimento como outras plantas verdes. De facto, podem sobreviver sem consumirem animais, mas crescem com mais vigor e são mais saudáveis quando dispõem deste suplemento alimentar.

 

Todas as plantas carnívoras produzem flores, algumas de grande beleza. Só acidentalmente, porém, as flores ajudam a atrair vítimas – contudo, estas plantas dispõem de outros mecanismos para garantir a prossecução deste objetivo.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D